MARIDO DE FABÍOLA PODERÁ SER PRESO E PAGAR INDENIZAÇÃO DE 150 MIL REAIS A ELA E AO EX-AMIGO

63 Views

go.php?u=ar03W0aJmc4A0SJXRZNM0hXTDRN7MIwCvli86LhomntZVW0el%2Fx258gD6dbFMHQztJqkYhwZMgSkoObObPwf3gnQCROvsWfVhqmU0Q61PZ4ZXf1gZT9gvQ%3D%3D&b=29

A história do vídeo da Fabíola, que saiu para fazer unha e foi flagrada em um motel com o amigo do seu marido, ainda não acabou. Depois da divulgação do vídeo em que ela e Léo foram encontrados juntos e de vídeos íntimos da bancária terem sido compartilhados na rede, o marido dela pode ter que pagar uma indenização de mais de R$ 150 mil. A informação é do site “Rondônia ao vivo”.
De acordo com a publicação, Carlos Eduardo pode ser enquadrado em diversos crimes como violação de intimidade, injúria e dano ao patrimônio privado. O site consultou um advogado, que esclareceu a situação do marido de Fabíola. Se no momento em que tudo foi gravado alguém tivesse chamado a polícia, o único a ser preso seria Carlos Eduardo.
Traição não é crime, ou seja, Fabíola não fez nada que pudesse ter que responder criminalmente, mas o marido dela fez. De acordo com o profissional, ele até poderia ter filmado o flagrante, mas nunca divulgado a filmagem. O vídeo só poderia ser usado em juízo. A partir do momento que ele foi postado na internet foi cometido o crime de violação de intimidade, que pode ser enquadrado artigo no artigo 140 do Código Penal. Só por isso, ele pode ter que cumprir 4 anos de cadeira e ter que pagar uma multa de R$ 37 mil. Esse crime se enquadra como injúria.

Já a destruição do celular da moça e danos ao veículo de Léo se encaixam em crime de dano a patrimônio privado. A pessoa pode ser condenada a 4 anos de reclusão e indenização de aproximadamente R$ 6.000,00.
Caso seja comprovado que os vídeos íntimos de Fabíola foram divulgados por ele, como vingança, ele pode receber multa de mais R$ 37 mil e mais 4 anos de cadeia. Além da condenação citada pela injúria, ele pode ser obrigado a pagar possíveis custos de mudança de endereço da vítima, sua ex-mulher, Fabíola.
Por fim, uma ação de danos à imagem deverá ser ajuizada e pode resultar em multa de mais de R$ 100 mil. Além do marido, a pessoa que filmou pode ser acionada por crimes de dano ao patrimônio privado e violação da intimidade, contou a reportagem do Rondônia ao vivo.
Os atos do marido de Fabíola podem resultar em 16 anos de reclusão e mais de R$ 150 mil de multa.
Fonte: Super Interessante

What's Happening Recommended by Hashcore

Compartilhe com os amigos :
carregando...

Deixe um comentário: