Incrível : Conheça o “sugador de bumbum”

544 Views

Recentemente, famosas como a panicat Fernanda Lacerda e a ring girl Syllvia Andrade declararam ser adeptas de um procedimento estético que chocou a internet: o Magic Pump, técnica que utiliza duas ventosas, uma em cada glúteo, para sugar a região. A promessa é de que o bumbum fique mais empinado, durinho e bonito, com cara de glúteo “malhado”. Milagre ou falácia? Conversamos com dois profissionais para esclarecer se a técnica realmente dá certo.

Magic Pump: o que é?

De acordo com a esteticista e cosmetóloga Lillian Molinari, o Magic Pump utiliza um aparelho com efeito de vácuo na região do glúteo, que, através de uma ventosa, faz uma sucção de compressão e descompressão. “Esse movimento de sugar e de soltar estimula a musculatura do bumbum, melhora a circulação do local e ativa o sistema linfático. Logo depois da sessão, o glúteo fica com um aspecto avermelhado, por conta da sucção. Mas, em meia hora, já volta ao normal. Não é uma sucção fora de controle, que vá causar flacidez”, garante Lillian.

O Magic Pump usa ventosas para empinar o bumbum. A sensação é de sugar e soltar

O mais comum é que o Magic Pump seja associado a outros tratamentos estéticos para a área, como radiofrequência, Power Shape e corrente russa, que, segundo a esteticista e cosmetóloga, estimulam a produção de colágeno e combatem a flacidez, potencializando os resultados.

Mitos e verdades

Aumenta o bumbum?

A profissional explica que essa pressão negativa tonifica a musculatura, e que a ativação dos sistemas circulatório e linfático traz uma melhora no aspecto da celulite. Tudo isso deixa o bumbum mais empinado – mas não aumenta o derrière, como muita gente diz. Segundo Lillian, o que acontece é que, com o glúteo mais empinado, há a sensação é de ele estar maior. “O fabricante da máquina diz que uma sessão equivale a 2000 repetições de exercícios para o glúteo. Acho que é exagerado. Eu diria que corresponde a uma meia hora, mais ou menos, de atividade física específica para o bumbum, como agachamentos, por exemplo”, explica.

Reduz gordura?

Outra coisa que o Magic Pump não faz é a redução de gordura. “O procedimento dissolve os nódulos de celulite, faz a remodelagem do glúteo e melhora o aspecto no geral, mas não destrói células de gordura, apenas melhora a saúde dessas células da região porque ativa os líquidos dessa região”, esclarece.

As marcas avermelhadas são temporárias: somem em meia hora após o tratamento

Magic Pump dói?

Lillian explica que, no comecinho da sessão, a pessoa pode sentir um leve desconforto por causa da sucção, mas que o procedimento pode ser considerado indolor, uma vez que a ventosa faz um movimento de compressão e descompressão. “É como se sugasse e soltasse, e nada muito forte. É a sensação de uma massagem”, diz.

Quem pode fazer?

Pessoas com qualquer “estilo” de bumbum podem passar pelo procedimento, mas ele está proibido para quem tenha vasinhos na área das nádegas, que podem estourar com a sucção. Gestantes e quem tenha qualquer problema de circulação também devem passar longe do “sugador”.

Em quanto tempo dá resultado?

Lillian diz que logo após a primeira sessão a pessoa já a paciente nota o bumbum mais firme e empinado – mas alerta que, caso seja feito só um dia de tratamento, o resultado dura somente em torno de 48 horas. “O ideal é fazer de cinco a dez sessões, dependendo da necessidade de cada um”, recomenda.

Quem faz academia tem resultados mais duradouros após o tratamento, de acordo com Lillian

Quanto tempo dura o resultado?

A atividade física, de acordo com Lillian, é um fator fundamental para a durabilidade dos resultados do Magic Pump. Para quem não faz atividade física, o resultado dura em torno de três meses. Para quem se exercita – principalmente fazendo treinos específicos para a região das nádegas – o tempo do resultado duplica e passa para seis meses.

Quanto custa?

A sessão de Magic Pump na clínica de Lillian custa R$ 150 reais e dura em torno de 30 minutos. Quando o procedimento é associado a outros protocolos, o preço fica mais salgado: com o Power Shape, por exemplo, o valor pula para R$ 300 a sessão.

Resultados da técnica

O Magic Pump promete efeitos milagrosos para o bumbum, mas, segundo o dermatologista Alberto Cordeiro, a coisa não é bem assim. “Não há nenhuma comprovação científica de que este aparelho de sucção realmente tenha algum efeito. Eu não recomendo justamente por causa disso”, relata o médico.

O médico diz que o Magic Pump não tem o poder de atuar no músculo

Ele explica que o “pump” (sugar, em inglês) para o bumbum tem o mesmo princípio eefeito dos “sugadores de lábio”, que estavam na moda há um tempo atrás, com a promessa de deixar a boca mais carnuda. “É a mesma coisa. É uma sucção, que estimula a vascularização do local, ou seja, aumenta a quantidade de sangue que vai para o bumbum. Ele fica mais inchado e retém líquido, e por isso dá a impressão de que esteja maior”, diz Cordeiro.

Funciona?

O médico diz que a sucção fecha os vasos e deixa o tecido do bumbum sem oxigênio. Quando as ventosas são retiradas, esta área não oxigenada passa a demandar mais oxigênio e, por isso, há uma dilatação dos vasos do local. Neste momento, sai água de dentro do vaso para a pele, causando o inchaço. No entanto, os efeitos são absolutamente transitórios. “Os resultados duram no máximo uma semana ou 15 dias e depois somem”, garante.

De acordo com o dermatologista, o Magic Pump pode até melhorar um pouco a celulite, porque estimula a vascularização. Mas não empina o bumbum por muito tempo e nem age com os efeitos de exercícios físicos. “Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Exercício físico recruta musculatura, tendões e articulações. O pump não tem ação no músculo. A menos que outros procedimentos associados sejam utilizados, como a corrente russa, por exemplo, que tem alguma ação no músculo, mas que também é passageira”, explica. Cordeiro diz que o jeito para empinar e aumentar o bumbum é mesmo dieta e exercício físico. Pode-se também apelar para a colocação de próteses no local, ou mesmo se submeter a um preenchimento.

Riscos do procedimento

Gestantes e pessoas com problemas de circulação não devem se submeter ao procedimento

De acordo com Cordeiro, se o sugamento for muito intenso, alguns vasos sanguíneos podem se fechar, tirando todo o suprimento de sangue do local. Isso pode levar a uma isquemia na região, que é quando há alguma interrupção no fluxo sanguíneo para uma determinada área. “Isso pode causar uma necrose. Sem sangue, os tecidos morrem e o local fica escurecido. Para corrigir, é preciso fazer cirurgia, que deixa cicatrizes e deformações. Eu não indico, ainda mais os aparelhos são produzidos sem base científica comprovada”.

What's Happening Recommended by Hashcore

Compartilhe com os amigos :
carregando...

Deixe um comentário: