Padrasto arranca a cabeça de bebê de 11 meses por vingança da mãe e acaba …

229 Views

Um rapaz de 22 anos foi detido pela polícia no último domingo (10). O meliante foi acusado de decapitar um bebê de apenas onze meses. O crime bárbaro aconteceu na manhã de domingo, no município de Manicoré, no estado do Amazonas. A criança assassinada era enteada do homem.

De acordo com a informação dos policias responsáveis pela ocorrência, a mãe do bebê teria tido uma séria discussão com o companheiro. Eles estavam numa festa e o motivo da briga entre o casal teria sido ciúmes. Depois da discussão, o suspeito foi até a casa onde o bebê morava junto com a mãe e sua avó e o golpeou direto no pescoço com um facão.

Após cometer a barbárie, o homem retornou para o local onde estava acontecendo a festa. Ele trazia nas mãos um terçado para poder matar a mulher. No entanto, o meliante foi impedido de cometer outra atrocidade. Os seguranças do local impediram que o homem cometesse outro crime e o encaminharam para a delegacia.

O corpo do bebê foi encontrado pelo tio, e os parentes da vítima procuraram a delegacia para denunciar o assassinato. Foi então que descobriram que o padrasto do bebê tinha sido o autor do crime.

Assassino morre dentro da cadeia

O autor da morte do bebê de apenas 11 meses foi identificado como Jacson Lima. O rapaz confessou ter matado a criança degolada. Ele estava preso na delegacia do município de Manicoré e foi encontrado sem vida dentro da cela. Ele havia sido detido na manhã do último domingo (10), após confessar o assassinato do enteado.

Segundo informação dos policiais, Jacson estava pendurado com uma corda em seu pescoço em uma das grades da cela. A primeira hipótese é de que o rapaz tenha cometido suicídio, porém não está descartado que ele tenha sido assassinado por algum detento revoltado com o que crime que ele cometeu.

Apesar dos indícios indicarem que o homem tenha tirado a própria vida, o caso será apurado pela polícia, já que ele estava sobre a responsabilidade do estado.

Populares ficam revoltados
A população da cidade de Manicoré ficou revoltada com o assassinato da criança e tentou invadir o necrotério onde estava o corpo de Jacson Lima. Segundo Ana Lúcia, conselheira tutelar da cidade, os populares tinham a intenção de pegar o corpo do rapaz para poder queimá-lo. A tensão da cidade era grande e a polícia precisou intervir para evitar que o necrotério fosse invadido.

Além da revolta com o assassino, a população tinha a intenção de invadir o local onde o corpo do bebê estava sendo velado. Ainda segundo a conselheira, o povo estava culpando a mãe da criança. Eles acreditam que a mulher tenha tido responsabilidade na morte do filho. A mãe da criança foi identificada como Maiana, de 21 anos.

O menino de 11 meses se chamava Vitor Emanoel. O menino estava dormindo sozinho no quarto quando o padrasto invadiu o lugar. O criminoso teria entrado dentro da casa pulando a janelo do quarto onde a criança estava dormindo.

What's Happening Recommended by Hashcore

Compartilhe com os amigos :
carregando...

Deixe um comentário: