Cantor sertanejo desabafa e relembra tempo de depressão: ‘Tentei me matar inúmeras vezes’

Tida como o “mal do século”, a depressão é uma doença que tem crescido exponencialmente pelo mundo. No Brasil, milhares de pessoas acabam sendo assoladas pelo problema, marcado por ansiedade, tristeza profunda e desanimo por viver. Às vezes, nem mesmo uma vida luxuosa e com todo os bens materiais à disposição funciona como antídoto para o problema.

Nome de destaque no cenário sertanejo atual, o cantor Lucas Lucco é um exemplo disso. Nesta semana, em uma live com seus seguidores, ele voltou a falar sobre a depressão vivenciada no passado. Abordando o tempo de quarentena por conta da pandemia do coronavírus, o cantor alarmou para o fato de como a ansiedade pode aumentar neste tempo de isolamento social e como isso pode desencadear uma depressão.

“Eu amei, eu vivi os piores momentos da minha vida. Eu tentei me matar inúmeras vezes. Eu tenho tudo e eu tentei me matar inúmeras vezes”, revelou Lucas Lucco, afirmando na sequência que a fé em Deus foi determinante para a reviravolta em sua vida.

Nesta semana, o Lucas Lucco também deu uma entrevista à revista Quem onde abordou o assunto. Segundo o cantor, ele foi ao fundo do poço, mas agora se mostra mais maduro e consciente, se transformando através dos erros.

Números expressivos

Em um levantamento divulgado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), o Brasil figurou como o país com o maior índice de pessoas depressivas. Enquanto a média mundial é de 4,4%, o país sul-americano apareceu com 5,8% de sua população com a doença.

Ou seja, isso significa que quase 12 milhões de brasileiros sofrem com o problema, que em casos extremos acaba culminando em suicídios.

Para ouvir o melhor do sertanejo é só dar o play :