Bolsonaro CONFIRMA pagamento de 4ª e 5ª parcelas do auxílio emergêncial, porém com novo valor. Saiba quanto

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) revelou que duas novas parcelas do auxílio emergencial já foram definidas. O acerto foi feito com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

No início desta semana, a prorrogação do benefício era vista como uma possibilidade. Apesar de ter confirmado mais duas parcelas, Bolsonaro ainda não divulgou os valores, embora já tenha sido divulgado que serão parcelas menores que os atuais R$ 600.

“Vai ter, também acertado com o Paulo Guedes, a quarta e a quinta parcela do auxílio emergencial. Vai ser menor do que os R$ 600, para ir aí partindo exatamente para um fim. Porque cada vez que nós pagamos esse auxílio emergencial, dá quase R$ 40 bilhões. É mais do que os 13 meses do Bolsa Família. O Estado não aguenta isso aí. O Estado, não, o contribuinte brasileiro não aguenta isso aí”, disse o presidente em sua live semanal.

Na última terça-feira, 2 de junho, o presidente havia dito que a prorrogação estava quase certa com duas novas parcelas. O auxílio emergencial foi pensado, inicialmente, para pagar três parcelas de R$ 600 para a parcela de trabalhadores mais vulneráveis durante a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

Estima-se que o valor ficará entre R$300,00 e R$400,00.

Para ouvir o melhor do sertanejo é só dar o play :