Confira 5 Curiosidades Bizarras Sobre As Lives Sertanejas

As lives sertanejas são, sem dúvidas, os eventos do ano no Brasil. As transmissões, que acontecem todos os dias e levam diversão para a população, tem batido recordes mundiais e sido lembradas por episódios bizarros que marcaram as transmissões. Desde problemas técnicos a casos de polícia, desafinação e multas por irregularidades, confira, com o Movimento Country, 5 curiosidades bizarras sobre as lives sertanejas.

1 – Problemas Técnicos

Problemas técnicos são recorrentes nas transmissões das lives, principalmente quando se trata da primeira live sertaneja realizada pelo artista. Foi o que aconteceu com Marília Mendonça no episódio em que ela ficou literalmente travada.

Em sua primeira live sertaneja, realizada no dia 8 de abril, Marília Mendonça usou o cenário mais intimista possível: a sala de estar da sua casa. A transmissão, que durou 3 horas e 30 minutos, começou de maneira complicada – e desastrosa – para a artista. Os problemas técnicos afetaram sua performance, que acabou tendo o vídeo e áudio com constantes travamentos em boa parte do início da performance.

O problema foi selecionado e a live seguiu normalmente. Os seguidores da cantora ironizaram e fizeram piadas nas redes sociais, chegando a falar que “até na live Marília Mendonça estava travada”. No entanto, a cantora fez questão de travar o recorde mundial de live com mais transmissões simultâneas no YouTube. Disponibilizado na plataforma, o show já conta com mais de 54 milhões de visualizações, o que lhe rendeu o título de “Rainha das Lives”. Quem mais queria estar travado assim?

(Foto: Reprodução YouTube)
(Foto: Reprodução YouTube)

2 – Excesso de Bebedeira

O excesso de bebedeira já se tornou um marco das lives sertanejas. Os cantores, patrocinados por marcas de bebidas alcoólicas, usam e abusam da cachaça “como se não houvesse amanhã” – mas o amanhã sempre chega.

A live de Bruno e Marrone, realizada no dia 9 de abril, virou motivo de chacota nas redes sociais. O show, pioneiro no quesito bebedeira excessiva, teve Bruno como protagonista de uma série de gafes, incluindo choro e momentos engraçados, que viraram meme nas redes sociais. O cantor tomou cerveja e cachaça livremente sem o impedimento do companheiro de dupla, e acabou passando dos limites: errou as letras, fez declarações de amor, deu pitaco em questões políticas e contou histórias íntimas sobre seus amigos (um deles que tinha apenas um testículo). Apesar dos memes, a live é a segunda com a mais visualizações acumuladas; seriam os erros a fórmula do sucesso?

A dupla sertaneja não foi a única a protagonizar momentos de pinguça. No dia 11 de abril, Gusttavo Lima, o queridinho brasileiro das lives, fez sua segunda transmissão, dessa vez com mais produção e, é claro, cachaça. No show, o Embaixador bebeu cachaça, cozinhou e, quando a bebida subiu, propagou uma série de declarações bombásticas, fazendo piadas de mau gosto sobre sexo, menstruação e muito mais.

Em ambos os casos, os artistas foram advertidos pelo CONAR por estar incitando o consumo de bebidas alcoólicas a menores de idade. É, o dia de amanhã sempre chega.

(Foto: Reprodução YouTube)
(Foto: Reprodução YouTube)

3 – Desafinação de Zezé Di Camargo

O mínimo que o público espera nas lives sertanejas é a qualidade vocal dos artistas. No cenário de pandemia, com a falta de shows, não falta tempo para os artistas prepararem sua voz. Mas, em alguma das vezes, os problemas não decorrem só de preparação ou qualidade vocal.

A live realizada por Zezé Di Camargo e Luciano dia dia 10 de maio, Dia das Mães, foi marcada pelas falhas vocais do irmão mais famoso (e polêmico) da dupla. Devido a problemas nas cordas vocais, a voz de Zezé Di Camargo não é mais a mesma e isso ficou claro na transmissão, quando o cantor falhou diversas vezes, até em notas mais simples.

Percebendo que não daria “conta do recado” de cantar a live toda, Zezé passou boa parte da transmissão tocando sanfona e deixou que o irmão, Luciano, fizesse a primeira voz em seu lugar. O irmão surpreendeu até os fãs da dupla e entregou bons vocais, que boa parte do público nem imaginava que ele era capaz.

Zezé, para disfarçar seu problema de saúde, rasgou elogios ao irmão, que foi o grande responsável por salvar a noite: “Existem muitos cantores que fazem segunda voz no mercado, mas poucos são iguais ao meu irmão, que consegue cantar sozinho”. Apesar dos problemas vocais, a dupla já anunciou sua próxima live sertaneja.

(Foto: Reprodução YouTube)
(Foto: Reprodução YouTube)

4 – Caso de Polícia

Quando falamos que acontece de tudo nas lives sertanejas, não estávamos brincando. A dupla George Henrique e Rodrigo realizaram seu primeiro show on-line no início de maio. Era o início de um sonho, mas… deu tudo errado e a live virou caso de polícia.

Os cantores, que realizavam a live beneficente para ajudar pessoas e instituições, foram obrigados a interromper o show na metade após a chegada da polícia no local, ao vivo. O motivo foi claro: os vizinhos se sentiram incomodados com o barulho e acionaram a polícia, que deu a ordem de interromper o show pois já se passava do horário permitido para barulhos.

A dupla se assustou e seguiu as recomendações, encerrando o show mesmo contra a vontade de seus fãs: “A gente vai fazer mais duas músicas e vai encerrar a live. Antes que a gente saia daqui algemado, que a polícia já deu a ordem de acabar com a live. Como eu quero ir pescar amanhã, não quero dormir no xadrez. A polícia tá aqui por causa do barulho, não é por causa de aglomeração, não

Se você estiver pensando em realizar uma live sertaneja, nosso conselho principal é: escolha bem o lugar que fará.

Live da dupla George Henrique e Rodrigo vira caso de polícia (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

5 – Multa e Ameaça de Processo

Junto com a questão da bebedeira, já citada acima, uma série de irregularidades tem acontecido nas lives sertanejas, seja por falta de cuidados e não seguimento das recomendações da OMS, condições precárias nos bastidores e até

Após o episódio da bebedeira sem fim de Gusttavo Lima, que falou obscenidades e consumiu bebida alcoólica sem a advertência de classificação etária na live, o CONAR perseguiu o cantor, que foi advertido e precisou ter a transmissão retirada do ar, o que poderia resultar até em processo judicial. No entanto, o cantor deu seu jeitinho e realizou seu próximo show em um aplicativo privado, longe das amarras do YouTube, onde ele poderia fazer o que quisesse.

Já Simone e Simaria tiveram problemas com os patrocinadores de sua última live. A Vale Sorte Distribuidora, empresa que distribui títulos de capitalização, foi multada em R$ 212 mil pelo PROCON de São Paulo por veicular publicidade enganosa e estabelecer cláusulas abusivas no seu termo de uso, infringindo o Código de Defesa do Consumidor.​

As doações eram em benefício do Hospital do Câncer de Londrina, em troca do sorteio prêmios. Em nota, a assessoria de imprensa das irmãs revelou que o contrato das artistas tem uma cláusula que as isenta de culpa ou responsabilidade perante produtos e serviços prestados pelos patrocinadores.

(Foto: Reprodução YouTube)
(Foto: Reprodução YouTube)

Bônus: A Live Mais Rápida da História

Não poderíamos terminar nossa lista de curiosidades bizarras das lives sertanejas sem citar a “live mais rápida da história”. Foi assim que ficou conhecido o show de Flávio Brasil, que tentou inovar em uma live recente, mas deu tudo errado. Em sua transmissão, que aconteceu em uma fazenda, o cantor chegou em uma charrete, comandada por um cavalo “rebelde”.

Tudo fazia parte do script, mas o animal simplesmente saiu de controle e saiu correndo com a charrete e cantor, que sumiram no cenário e deixaram a banda sem saber o que fazer. O vídeo hilário viralizou e virou meme nas redes sociais, rendendo boas risadas.

Para ouvir o melhor do sertanejo é só dar o play :