Sertanejo se desespera após mãe ir parar na UTI e família ser infectada com Covid-19

Diego, da dupla Henrique e Diego, tem passado dias desesperadores após a pandemia de Covid-19 atingir toda sua família. Mãe, pai e irmã do sertanejo foram infectados, ainda no mês de junho, e, desde então, a família está vivendo um grande drama com a situação trágica da doença.

Diego, que mora separado de sua família, ficou sabendo da notícia desesperadora após os pais ficarem uma semana sofrendo com os sintomas da doença, até que fizeram os testes e o resultado foi positivo para todos: “Nenhum deles estava na rua, todos estavam se cuidando e provavelmente pegaram em uma compra no supermercado, pois era o único lugar que iam”, declarou.

O sertanejo revelou ficou em choque após receber a notícia: “Quando soube da notícia, fiquei em choque porque sabia do perigo e que várias pessoas estão morrendo por causa do vírus”, assumiu. A partir da notícia, o desespero tomou conta da família quando o pai e mãe de Diego precisaram ser internados O pai do cantor foi liberado após dez dias, mas a mãe teve uma piora crítica no seu estado de saúde e precisou lutar pela vida na UTI após seu pulmão quase parar de funcionar.

O intérprete de “Esqueci Você” fez apelo aos seus fãs para orarem por sua mãe. Foram 28 longos dias de dor e sofrimento para Marizete Barros Lima (mãe do cantor) e desespero para todos a sua volta. Sem poder estar perto da família, Diego sofria com a apreensão de não se ter notícias concretas sobre a mãe: “Toda vez que o telefone tocava, entrava em desespero. Foram mais de 28 dias assim, nesse sofrimento, desespero e sensação de impotência porque não podia ir lá e, mesmo se fosse, não podia vê-la”.

Felizmente, após quase um mês do drama diário, o cantor recebeu a notícia de que sua mãe tinha deixado a UTI. O anúncio veio no último dia 21, enquanto Henrique e Diego realizavam uma live sertaneja. A notícia emocionou os fãs e o cantor, que se ajoelhou para agradecer pela vitória de Marizete.

Hoje, dias após a mãe de Diego deixar o hospital, o cantor já respira aliviado: “Ela está bem, os pulmões estão limpos e não ficou com nenhuma sequela. Está lúcida e agora estamos esperando que fique mais forte para matarmos a saudade”.

Após o desespero, o sertanejo não vê a hora de reencontrar a mãe, conforme disse em entrevista ao jornal Campo Grande News“Minha mãe deixou o hospital há dez dias, agora estão todos curados e não transmitem mais. Talvez mês que vem ela esteja apta para viajar e quero que venha passar um tempo comigo para poder abraçá-la”, finaliza o cantor cheio de esperança.

Diferentemente de outros artistas sertanejos que debocham da quarentena e se apresentam em festa clandestina, Diego prometeu estar cumprindo o isolamento social e, após o sufoco passado com a família, dá um poderoso conselho aos seus fãs: “Se previna. Quem puder, fique em casa e quem não pode, se proteja. O vírus não está para brincadeira. Não vai em festa clandestina, sai fora disso. Sua vida vale muito mais que uma festinha de fim de semana”, disparou.

Para ouvir o melhor do sertanejo é só dar o play :