Cantor sertanejo é proibido na justiça de realizar lives após denúncia de vizinhos

As lives show têm sido a principal alternativa utilizada pelos cantores para seguir se apresentando neste período de pandemia do coronavírus. Com as recomendações de isolamento social em vigência, o mundo da música deve ser um dos últimos que voltará à sua normalidade. Conhecido no mundo sertanejo, o cantor Jefferson Moraes terá que mudar o palco de suas lives se quiser continuar realizando shows.

O artista acabou sendo denunciado na Justiça por vizinhos, que se incomodaram com o alto volume das transmissões ao vivo na sua residência. O pedido acabou sendo acatado, e Jefferson Moraes não poderá fazer shows no local. Caso descumpra a ordem judicial, ele será multado em R$ 5 mil.

As informações foram reveladas pelo G1. Segundo o portal, os vizinhos relataram que o sertanejo aluga uma casa no condomínios há cerca de nove meses, e, desde o início da pandemia, realiza festas e lives com aglomeração e muito som alto.

“A urgência necessária para o deferimento da medida se encontra evidenciada nos evidentes infortúnios decorrentes da perturbação ao sossego noturno dos autores, causando prejuízos à saúde e à vida do autores”, diz um trecho da decisão judicial.

Reincidência

Em entrevista ao G1, o advogado José Mendonça Carvalho, que representa os moradores, afirmou que os residentes do condomínio não reclamaram em um primeiro momento. Contudo, após o cenário se repetir, a administração aferiu o volume do som e, diante da repetição de festas e lives, o grupo não aguentou e decidiu tomar as medidas cabíveis.

Até o fechamento desta matéria, o cantor Jefferson Moraes ainda não havia se pronunciado sobre o assunto.

Para ouvir o melhor do sertanejo é só dar o play :